TERçA, 21 DE AGOSTO DE 2018 | |

Princesa Isabel, PB

maispiaui.com no Facebook maispiaui.com no Twitter maispiaui.com no Google Plus Fale conosco
Publicado em 08/02/2018 às 17:32:25

Saúde reforçada para os foliões em todo o estado

1004_canr.jpg

Para resguardar a vida do folião, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) elabora o plano de contingência para reforçar o atendimento de urgência e emergência em todo o Piauí, além de ações reforçando os cuidados para a prevenção de diversas doenças transmissíveis e transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Todos os hospitais regionais terão reforços nas equipes e em insumos para o período carnavalesco, o aporte de recursos enviados a alguns municípios estratégicos tem como objetivo dar uma maior resolutividade a atendimentos de urgência e emergência na própria região ou uma transferência com menos riscos para outros hospitais de referência.

Haverá uma mobilização maior para o litoral por conta do intenso fluxo de foliões que vão para a região curtir o Carnaval, como explica o diretor da Unidade de Descentralização e Organização Hospitalar, Neris Júnior. Ambulância  e  equipe formada por médico, enfermeiro e técnico de Enfermagem estarão prestando serviços no Centro Integrado, um espaço localizado próximo ao Sesc Praia em parceria com a Secretaria de Estado de Segurança (SSP-PI) e Secretaria de Estado do Turismo (Setur) para dar suporte ao turistas.

 O SAMU Aéreo também estará de prontidão para atender todo o estado.

A Secretaria da Saúde também enviou equipes para as regiões de Parnaíba, Floriano, Água Branca e Barras para se agregarem aos parceiros do projeto “Vida no Trânsito” na realização de ações educativas, distribuição de preservativos e orientações sobre doenças transmissíveis. O Vida no Trânsito realiza blitz educativas e prevê a conscientização para doenças não transmissíveis, como suicídio, violência e acidentes de trânsito.

Reforçando os cuidados para a prevenção de diversas doenças, o “Fevereiro Multicolorido” lembra aos foliões que a saúde tem todas as cores e a prevenção deve ocorrer em qualquer período do ano.

Para o Piauí, serão disponibilizados mais de dois milhões de preservativos e géis lubrificantes, que vão estar disponíveis em todos os serviços de saúde nos municípios, que também são responsáveis por facilitar o acesso à população, seja nos locais das festividades, blitz, rodoviárias e locais de grande concentração populacional. Não é necessária a identificação do usuário e não há limite no quantitativo. 

Além de disponibilizar preservativos e gel lubrificante, equipes de saúde realizam testagem rápida para doenças transmissíveis como HIV/Aids e sífilis. “Carnaval animado é você curtir com saúde e nada melhor que aproveitar a folia de maneira consciente”, comenta a coordenadora de Doenças Transmissíveis da Secretaria da Saúde, Karinna Amorim. 

Combate ao Aedes na folia

O Aedes aegypti não dá folga na folia, por isso, em parceria com escolas, clubes, espaços de lazer comunitários e serviços públicos e privados, a Secretaria da Saúde intensifica as ações de combate ao vetor e medidas de prevenção às doenças.  

O diretor da Unidade de Vigilância e Atenção à Saúde, Herlon Guimarães, recomenda alguns cuidados para os foliões que forem curtir o Carnaval. “Se for viajar, deixar domicílios livres de possíveis focos para o mosquito Aedes. Realize inspeção no interior da casa, quintal e toda área externa o que contribui para não permitir infestações no imóvel, o que pode prejudicar toda uma região”, alerta Herlon.

Outros cuidados

- Atenção redobrada com o lixo produzido. O grande consumo de produtos feitos de materiais recicláveis, depositados em locais inadequados, é motivo de preocupação porque o lixo pode ser um criadouro do mosquito.

- Em festas, blocos, desfiles de Carnaval, além dos cuidados com relação ao lixo, para não deixar as cidades sujas, o uso de repelentes é fator de proteção, para evitar o contato com os mosquitos vetores de doenças.

Deixe seu comentário